Com uma técnica, resolvo todos os meus problemas?


Vivemos em um mundo onde as pessoas querem compreender cada vez mais sobre suas dores e frustrações, querem entender o que causou ou não isto e aquilo neles, para poderem enfim se libertarem de seus incômodos que limitam o seu dia a dia. 

Vemos crescer cada vez mais o número de técnicas e metodologias de atendimento, que complementam a atividade uma das outras. Costumo dizer que nenhuma técnica é 100%, para algumas pessoas um tipo de tratamento funciona bem, para outras já não funciona tão bem, por isto, quando se fica dependendo de apenas uma técnica para melhorar um sintoma, e se esta técnica não foi eficiente, quanto tempo a pessoa irá perder ali? Será que ela já poderia ter realizado outros procedimentos associados, que poderiam gerar resultados ainda mais eficientes? 

Passamos do tempo onde as pessoas seguem apenas um profissional, uma técnica apenas, a grande maioria das terapias são complementares, ou seja, elas agregam valor às outras. Sendo assim, se a pessoa está tomando um antidepressivo, por exemplo, é de suma importância que faça uma psicoterapia, procure uma psicóloga, pois o medicamento é necessário a ponto de aliviar o sintoma, mas se não se tratar a causa do que trouxe a tristeza à pessoa, quando parar de tomar o medicamento há o risco de o sintoma voltar, e isto é o mesmo que ocorre nos casos de ansiedade ou bipolaridade. 

Agora se uma pessoa sofre um acidente e tem uma fratura, de nada adiantará realizarmos um tratamento psicológico com esta pessoa, relacionada ao estresse do acidente, se não for trabalhada a parte física também, com medicamento para evitar a dor, melhorar a cicatrização do local, imobilizar o local, realizar fisioterapia na reabilitação, utilizar da osteopatia como ferramenta de melhora mais rápida. 

A Nova Medicina Germânica, no entendimento das Leis Biológicas, acaba também sendo uma forma de olhar para o organismo na busca de sua causa, e diferente do que algumas pessoas acham, não é um tratamento alternativo, ou seja, que nega todas as outras formas de olhar sobre a doença, mas sim uma forma de olhar complementar, sendo que o paciente não precisa deixar de fazer o que está fazendo, mas sim, poder agregar ainda mais sobre a busca da origem de seu sintoma, e quem saber poder ter uma resposta ainda melhor na conjunção de tratamentos. 

Através da larga pesquisa do Dr. Hamer com relação ao sentido biológico de cada sintoma que aparece, foi possível compreender que as enfermidades surgem como um intuito de sobrevivência ao indivíduo, o que faz o sintoma ser maior e gerar riscos, é o fato de não compreender esta causa, este sentido, e/ou ficar muito tempo no processo de estresse, ou ainda reativar as situações conflitivas frequentemente. 

Por isto, muitos profissionais da saúde têm buscado compreender as Leis Biológicas e com isto podem agregar em seus atendimentos, potencializando seus resultados com o trabalho que já fazem, seja com a osteopatia, com os florais, a homeopatia, microfisioterapia, constelação familiar, coach, acupuntura, entre muitas outras técnicas. 

Como as Leis Biológicas nos auxiliam intensamente a entender os por quês das enfermidades, após este entendimento, independente da técnica utilizada, o efeito acaba sendo positivo. E claro como qualquer construção de pensamento, a nova medicina germânica não é um estudo concluído, ainda estamos estudando mais e mais detalhes do ser humano para potencializar ainda mais os resultados clínicos, nunca chegaremos ao 100% de resultado em todas as patologias, pois há um universo de possibilidades e cada pessoa recebe melhor um tipo de metodologia e outro se encaixa melhor em outra, por isto, complementar com outras terapias o atendimentos, se torna benéfico ao paciente, para que ele saia do sintoma incômodo o quanto antes, e este deveria ser a maior realização de todo e qualquer terapeuta: ver o paciente bem, independente se com sua técnica ou não. 

 

           
Dr. Ivan Bonaldo (Crefito 8/99696-F)

Fisioterapeuta e idealizador das Leis Biológicas Experience



 Image by Peggy und Marco Lachmann-Anke from Pixabay 

Terça-feira, 17 de Setembro de 2019
Voltar
Rua Silvio Vidal - 175, Sala 601 | Centro Médico Dr. Silvio Vidal - Pato Branco - PR
ivanbonaldo@yahoo.com.br | ativaterapias@gmail.com
(46) 3025-5399 | (46) 9981-2112
Site Desenvolvido por Agencia PQPK