O pânico da falsa informação

 

 

Nosso mundo tecnológico de buscas de informações e soluções rápidas, faz com que fiquemos parcialmente cegos, como aqueles cavalos que usam os tampões ao lado dos olhos, chamadas de viseiras, direcionando a visão apenas para um lugar, deixando de ver outras possibilidades. 

 

Está cegueira seletiva, faz com que o foco fique na primeira informação que apareceu e muitas vezes isto acaba gerando pânico em muitos pacientes, pais ou mesmo profissionais da área da saúde, pois frequentemente as informações são errôneas, gerando limitações na compreensão de sintomas e enfermidades. 

 

Com a evolução de técnicas, novas metodologias de atendimento e entendimentos sobre a origem das enfermidades, o impossível se torna cada vez mais possível na área da saúde. As enfermidades que se falava que não tinham soluções, começam a apresentar mais esperanças. O que o terapeuta não pode é ficar preso à informação da impossibilidade do resultado e sim, procurar por outras possibilidades, alternativas que possam levar a um resultado de melhora ao paciente, baseado em evidências científicas claras e em resultados vistos na prática. 

 

Muitas publicações foram e são feitas pelos achismos, supondo teorias, escrevendo livros com elas, sendo espalhadas pelas redes sociais, muitas vezes sem ao menos serem testadas na prática e com confirmação dos seus resultados em pacientes.

 

Por desconhecimento, muitos profissionais ou professores acabam disseminando as informações, sem as utilizar na prática e verificar sua eficiência ou não. Por isto, como profissionais da área da saúde, antes de repassar a informação, devemos testar na prática, na clínica, a eficiência das metodologias e técnicas, se possível em nós mesmos, para depois repassar a informação.

 

Sempre que vou repassar um conteúdo, procuro dar exemplos práticos de como foi para mim, no campo de atendimento ou com relação a aplicação em mim mesmo, para então você poder tirar as suas próprias conclusões e ver se pode ser interessante ou não para ti. 

 

Fica a dica, cuidado com as publicações de sensacionalismo e instrua seu paciente a sair do pânico implantado muitas vezes nas redes sociais ou sites, e lembre-se até mesmo os sites conhecidos erram, fique ligado, pois o pânico paralisa e dificulta a melhora do seu paciente. 

 

 

 

 


Dr. Ivan Bonaldo (Crefito 8/99696-F)

Fisioterapeuta e idealizador das Leis Biológicas Experience

Terça-feira, 10 de Dezembro de 2019
Voltar
Rua Silvio Vidal - 175, Sala 601 | Centro Médico Dr. Silvio Vidal - Pato Branco - PR
ivanbonaldo@yahoo.com.br | ativaterapias@gmail.com
(46) 3025-5399 | (46) 9981-2112
Site Desenvolvido por Agencia PQPK