Síndrome das pernas inquietas

Sabe aquele seu paciente que se queixa de uma sensação de inquietude com dificuldade de permanecer com as pernas paradas logo após se deitar ou logo após ficar parado por um certo tempo? Pode ser o que é chamado de Síndrome das pernas Inquietas.

 

Somam-se a descrição de sensação de incômodo na região das panturrilhas e pés, assim como a sensação de calor, formigamento ou incômodo que faz com ele fique se movimentando incontrolavelmente ou até tendo a necessidade de se levantar para caminhar e assim aliviar o desconforto.


Isso acontece
muito frequentemente porque esses pacientes tiveram situações emocionais na vida onde foram forçados a se submeter a escolhas que não eram o que eles queriam, geralmente com sensação de deslocamento. Para exemplificar cito um caso de uma mulher que teve que se submeter a um trabalho que ela não gostava, ela queria ter ido embora e ter buscado outros projetos de vida, mas o pai precisava dela e ela teve que trabalhar na oficina do pai. Ter que se submeter num lugar onde ela não gostava, fez ela se sentir forçada estar naquele ambiente sem poder ir em direção aos projetos dela, aos sonhos dela.

 

A relação das pernas tem esse vínculo de impotência, de não poder tomar uma direção que gostaria ou ser forçado a tomar decisões que não queria, associado a um incomodo por se sentir presa na situação ou forçada(o) a algo.

Outro exemplo que é bastante frequente é de mulheres que às vezes têm que aceitar morar em algumas cidades, porque o marido foi transferido de trabalho e elas acabam tendo que habitar num lugar onde elas não se sentem à vontade, e isso gera uma dificuldade em se adaptar, fazer amizades ou mesmo pelo fato de ter que deixar a família e ir pra outro lugar, sem poder voltar

 

Essa sensação de impotência de evitar ficar num lugar ou de ter que se submeter sem ter como evitar de se deslocar para o outro território, não ocorre apenas com mulheres, homens também acabam passando por este sintoma e situação.

 

Outro exemplo que já atendi na minha clínica, foi de um paciente que  teve uma situação onde o pai, com quem ele tinha grande apego, faleceu e ele morava muito longe, por isso a esposa o proibiu de ir no enterro do seu pai, porque era muito longe muito distante e não daria tempo. Com isso ele teve a sensação de frustração por não poder ter se deslocado até o pai e não poder se despedir, e criou até mesmo uma culpa de não poder ter se deslocado e o que gerou uma sensação de contrariedade. Isso gerou uma fragilidade para ele nessas regiões de pernas e panturrilhas.

 

Essa relação biológica faz muito sentido quando nós temos essa observação de que as pernas servem para nos deslocarmos, para poder optar em ir para a esquerda ou para a direita, então essa sensação de ir ou não poder ir é que geralmente fragiliza essa região de pernas e panturrilhas.

 

Fica então uma sensibilidade e quando as pessoas vivem uma situação que é muito intensa, isso pode gerar um sintoma físico um pouco mais intenso, chegando a um ponto de desencadear essa sensação da síndrome das pernas inquietas.

 

Mas é claro que muitas ocasiões os deslocamentos acabam sendo necessários, o que vai depender do sintoma desencadear ou não, é a forma com que a pessoa lida com o processo, se ela passa a aceitar mais fácil, a tendência é de que o sintoma alivie ou seja eliminado.

 

Compartilhe com seus colegas terapeutas e me mandem comentários para que a gente possa ir trocando informações, esclarecendo dúvidas e nos fortalecendo cada vez mais como uma comunidade, em busca de resultados mais rápidos e eficazes em nossos atendimentos. #comunidadeorigens

 

Se você quer aprender mais, quer ir mais a fundo então você não pode perder esse ano a Leis Biológicas Experiência que acontecerá em novembro! Fique ligado que logo trago mais informações.

 

Quer saber mais sobre a Origem Emocional dos Sintomas? Confira os vídeos com outros conteúdos no YouTube.com/ivanbonaldo

 

Dr. Ivan Bonaldo (Crefito 8/99696-F)

Fisioterapeuta e idealizador do Curso Origens

Quinta-feira, 16 de Abril de 2020
Voltar
Rua Silvio Vidal - 175, Sala 601 | Centro Médico Dr. Silvio Vidal - Pato Branco - PR
ivanbonaldo@yahoo.com.br | ativaterapias@gmail.com
(46) 3025-5399 | (46) 9981-2112
Site Desenvolvido por Agencia PQPK