Conflito ativo em balanço

Já teve pacientes com pressão alta, diabetes, zumbido ou mesmo que teve alguma paralisia ou perda auditiva ou olfatória?


Hoje vou falar pra você sobre o conflito ativo em balanço. Mas o que é o conflito ativo em balanço? Quando nós passamos uma fase estresse a gente entra uma hiper estimulação do sistema nervoso simpático. Quer dizer que seu paciente entra numa fase de alerta, de ficar de prontidão para o que der e vier. Pronto para atacar ou para fugir. Só que quando ele está nessa hiper estimação por muito tempo, o corpo permanece como um sintoma de forma intensa. Por exemplo, no caso da pressão alta, ele tem uma hiper estimulação do sistema nervoso simpático que faz com que o sintoma fique em um estado alterado mais intenso. Quando permanecemos por muito tempo o corpo tem a necessidade de diminuir a intensidade desse sintoma para que isso não leve a um perigo, a uma morte ou uma dificuldade mais intensa daquele órgão em estar funcionando.

Então o sintoma da pressão ele vai cair, mas cada vez que esse sintoma  começa a decair, o paciente começa a sair um pouco da intensidade naquela alteração, mas quando ele reativa de alguma forma o estresse ou revive a situação ou entrando num pico de novo, ele volta a subir e isso acontece de uma maneira que, por exemplo, eu tive um paciente que tinha sempre picos de pressão alta às 3 horas da manhã. Por que isso acontecia? Porque o cérebro dele relembrava que um certo momento da vida dele, aconteceu um temporal às 3 horas da manhã e a casa destelhou e alagou tudo. Ele então, ficou encharcado, assim como os móveis na casa dele isso afetou a região do rim. E cada momento que ele vivia 3 horas da manhã é como se o cérebro reativasse seus picos e voltava a acontecer sempre no momento em que um temporal ou uma chuva estava próximo da cidade dele. Aí seu cérebro se relembrava de novo do temporal neste momento e o pico acontecia novamente.

 

Cada momento que o paciente reativa o estresse de uma certa maneira, o pico ele é reativado e o sintoma ele restaura e isso acontece porque a pessoa não consegue sair do estresse que ela viveu, aquela frustração e ela está nessa hiper estimulação e de prontidão porque o perigo vai acontecer novamente, e isso não faz com que ela volte a fase de relaxamento para que o corpo seja estrutura e ele volte à normalidade.

 

A pessoa que está na fase de estresse em balanço ela não sai desse momento de hiper estimulação. Ela está sempre de prontidão, sempre em alerta já que o corpo não começa a se reestruturar e corrigir para voltar ao normal.

 

Isso acontece também com zumbido, quando a pessoa vive uma situação de estresse relacionado ao ouvido, isso pode influenciar de tal maneira que o cérebro entra nessa hiper estimulação e cada momento ele quer dar uma baixada não sintomas, mas em algum momento ele restaura o sintoma e isso faz com que aconteçam os picos de que o zumbido está mais forte.

As paralisias são da mesma forma. Tem algumas pessoas que elas paralisam uma determinada região do corpo nessa fase de estresse e quando elas permanecem muito tempo nessa paralisia o sintoma começa a reduzir um pouco, mas ela entra na fase de estresse de novo e o pico acontece novamente.

 

Assim como acontece com as pessoas que têm dificuldade olfatória. Então perde o olfato com relação a alguns cheiros, algumas substâncias e enquanto ela está na fase de estresse o pico permanece.

 

Por isso é importante entender o que gerou a fase de estresse para cada pessoa, para que ela possa assim sair dessa fase de estresse e entrar na fase exodativa, que é a fase de cura. E nessa fase de cura aquele sintoma irá diminuir ou ser eliminado, se conseguir chegar até a fase final de resolução daquela alteração.

 

O diabetes também entra nessa relação. Enquanto a pessoa permanece na fase de estresse ela pode permanecer com diabetes, e em picos em alguns momentos quando ela reativa o padrão do sintoma de alguma forma.

 

E você, achou interessante estas explicações?

 

Se você entendeu essa relação e gostou desse artigo, compartilhe com seus colegas terapeutas e me mandem comentários para que possamos ir trocando informações, esclarecendo dúvidas e nos fortalecendo cada vez mais como uma comunidade, em busca de resultados mais rápidos e eficazes em nossos atendimentos. #comunidadeorigens

 

Se você quer aprender mais, quer ir mais a fundo então você não pode perder esse ano a Leis Biológicas Experiência que acontecerá em novembro! Fique ligado que logo trago mais informações.

 

Quer saber mais sobre a Origem Emocional dos Sintomas? Confira os vídeos com outros conteúdos no YouTube.com/ivanbonaldo

 

Dr. Ivan Bonaldo (Crefito 8/99696-F)

Fisioterapeuta e idealizador do Curso Origens

Quinta-feira, 09 de Julho de 2020
Voltar
Rua Silvio Vidal - 175, Sala 601 | Centro Médico Dr. Silvio Vidal - Pato Branco - PR
ivanbonaldo@yahoo.com.br | ativaterapias@gmail.com
(46) 3025-5399 | (46) 9981-2112
Site Desenvolvido por Agencia PQPK